fbpx

5 dicas imperdíveis para planejar uma viagem de lua-de-mel inesquecível

Quem pensa que as únicas preocupações de um casal prestes a se casar são a cerimônia e a festa, está muito enganado (a). Os preparativos da lua de mel também requerem muito tempo e dedicação, afinal, trata-se de uma viagem que simboliza o início de uma nova vida juntos. Sendo assim, nada pode dar errado.
A única certeza que o casal tem é que tudo deve ser inesquecível. Mas como planejar corretamente a lua-de-mel sem cometer nenhuma falha?
Se esta é a sua dúvida, você chegou ao post certo. A seguir, nós listamos 5 dicas imperdíveis para programar a sua lua-de-mel e fazer desta data, memorável. Confira!

5 dicas para planejar uma lua-de-mel inesquecível

1. Estabeleçam um valor para viajar

Antes de cogitar os prováveis destinos, o casal deve chegar a um acordo e estabelecer o quanto será investido nesta viagem. Para isso, será necessário levar em consideração não só o custo do casamento, mas as contas que virão nos próximos meses.
Estas contas são extremamente importantes, pois se trata de uma nova vida, onde os dois estarão compartilhando seus momentos, vivências e claro, as contas.

2. Planejem de acordo com a disponibilidade de tempo

O casal deve ser acima de tudo, realista. Se algum dos dois não dispõe de tantos dias de folga para viajar, não planejem uma longa lua-de-mel.
Existem diversos casos onde os casais compram uma viagem de semanas, mas por conta dos compromissos futuros (como a volta ao trabalho, por exemplo), acabam se preocupando demais ou até mesmo voltando antes do tempo, comprometendo a experiência da lua-de-mel.
Além disso, este tipo de situação e stress acaba deixando as pessoas mais cansadas do que felizes. O propósito da viagem é proporcionar bons momentos livre de todos e, sobretudo, de preocupações.

3. A noiva não deve planejar tudo sozinha

Eis um erro bastante recorrente. Muitas mulheres acabam planejando a cerimônia de casamento, feste lua-de-mel sozinhas. Algumas noivas até gostam desta responsabilidade, no entanto, muitas são simplesmente encarregadas, contra a sua vontade.
Além de sobrecarregar a mulher é importante ter em mente que a viagem será feita pelos dois, portanto, a opinião do parceiro também conta.
Não adianta escolher um lugar dos sonhos se o noivo não partilha da mesma opinião, não é mesmo? É importante chegar a um consenso, optando por um destino onde ambos curtam, para assim a lua-de-mel ser aproveitada ao máximo. Nesta etapa, a flexibilidade se faz essencial.

4. Planejar com antecedência: Sim ou não?

Aguardar até o último segundo para decidir o destino da lua-de-mel é uma péssima ideia, entretanto planejá-lo com muita antecedência também não é legal. Isso porque o casal provavelmente já estará programando as demais coisas, como a cerimônia e a festa – que demandam muito mais tempo e dedicação.
É certo que planejar a viagem e sua programação é empolgante, porém pense: O casal parte para a lua-de-mel, cansados, e no dia seguinte já têm um passeio marcado. O ideal é aguardar um pouco, para que no primeiro dia possam descansar e relaxar.

5. Atenção quanto à estação do ano

Outro fator que deve ser levado em consideração é a estação do ano na qual será realizada a lua-de-mel. Lembre-se que a viagem ocorrerá um dia após o casamento, então, dependendo do destino do casal, a estação poderá ser determinante para a boa experiência ou não dos recém-casados.
Por exemplo, se o casamento ocorrer em julho, durante o inverno, não é uma boa ideia escolher uma praia. Pensem bem no destino, para que os pombinhos possam se adaptar ao clima sem complicações.

Gostou destas dicas? Para conferir mais publicações como esta, não deixe de acompanhar o nosso blog. Estamos sempre o atualizando com materiais exclusivos!

Aproveite para ler também ...